10 de fev de 2010

Abdominais com bola

A grande maioria das pessoas acumula gordura na barriga, até mesmo as magras. Então preparamos esses exercícios para você secar a barriga.
Mas se você deseja realmente ter uma barriga sarada, é essencial fazer uma dieta alimentar e atividade física incluindo exercícios aeróbios, exercícios localizados e alongamentos para fortalecer e relaxar a musculatura.
Apenas os exercícios abdominais não irão eliminar a barriguinha. Você precisa dos demais exercícios, da dieta e também é importante cuidar da sua postura.

Prescrição dos exercícios:

- Aeróbios: de 5x a 6x por semana numa intensidade de moderada a forte (de acordo com o seu nível de condicionamento físico) de 30 a 60 minutos.

- Localizados: Os famosos exercícios abdominais que ajudam a fortalecer a musculatura e também a aumentar a massa muscular, diminuindo a % de gordura, devem ser feitos 3x por semana. Você pode começar fazendo um treino para aumentar a resistência muscular (com menos peso e mais repetições) e depois passar a fazer um treino mais puxado com peso, para aumentar a massa muscular.

- Alongamentos: Os alongamentos também são importantes para fortalecer a musculatura já que um músculo forte é um músculo resistente e flexível.
Dieta: Uma dieta alimentar balanceada é muito importante para ter uma barriga sarada, pois este é um dos locais que mais acumula gordura.
Postura: O excesso de curvatura lombar, mais conhecida como hiperlordose é outra causa comum de barriga. A barriga se projeta para frente, tornando-se bastante evidente.
Montamos para você uma série fácil de fazer com a ajuda de uma bola suíça ou bola de Pilates.



 Deitada de barriga para cima com a bole entre as pernas e os pés para cima. Faça a elevação do quadril como se fosse encostar os pés no teto, contraindo o abdome e desça novamente a posição inicial. Faça 3 séries de 15 a 20 repetições.


Até a próxima!


Vânia Almeida - Educadora Física
http://www.cuidandodocorpo.blogspot.com/

0 comentários:

Este Blog tem a função de transmitir informação e NÃO faz parte de uma consulta com profissionais. É preciso saber que a individualidade existe e que não é tudo que funciona para todo mundo. Informe-se e procure um profissional na hora de aplicar a informação!
Obrigada a todos que passam por aqui!