31 de mai de 2011

Depressão e a perda de peso

depressão

Esse tema já foi tão discutido em tantos veículos de comunicação, mas continua sendo um caminho a ser explorado.

Ela faz parte do grupo de doenças da nossa atualidade. Segundo a OMS (Organização Mundial da Saúde, em Genebra), ela está entre as três doenças que agravam cada vez mais a qualidade de vida das pessoas. Essa doença afeta duas vezes mais as mulheres do que os homens.

Existem vários estudos a respeito da dinâmica dessa doença, e se percebe uma grande incidência em pessoas com sobrepeso e obesidade.

Não se sabe ao certo qual se desencadeia primeiro, se é a depressão que leva a obesidade ou o inverso.

As características mais comuns são: sono em excesso ou falta de, falte de apetite ou excesso, falta de ânimo, desmotivação, ansiedade.

É importante diferenciar a tristeza que é passageira, da depressão que tem duração prolongada.

Na busca pelo emagrecimento, observo muitos pacientes deprimidos que quando encaminhados, e devidamente tratados com um profissional da psiquiatria, observo melhoras significativas, o que traz de volta a qualidade de vida.

Quando a depressão é tratada e medicada quando necessário, vejo que o processo de perda de peso ganha outra direção, pois a motivação, o desejo, e o comprometimento, torna – se possível.

O paciente sente-se outra pessoa, motivado feliz. Percebe novas perspectivas de vida, caminhos a serem desbravados, e sente-se com energia para partir em busca de seus objetivos.

É importante avaliar o contexto de vida que se encontra e verificar quais as formas mais adequadas para resolução de obstáculos e conflitos.

Luciana Kotaka

Psicóloga Clínica -Curitiba -PR www.lucianakotaka.com.br

1 comentários:

Maria disse...

Passando pra te desejar um mes de junho maravilhoso, cheio de realizações!

um grande abraço!

1/6/11
Este Blog tem a função de transmitir informação e NÃO faz parte de uma consulta com profissionais. É preciso saber que a individualidade existe e que não é tudo que funciona para todo mundo. Informe-se e procure um profissional na hora de aplicar a informação!
Obrigada a todos que passam por aqui!