27 de set de 2010

Controle os lanchinhos e brigue menos com a balança


O cardápio da dieta você tira de letra. Dificuldade mesmo é manter a boca sem ocupação entre uma refeição e outra. Fique sabendo que as inofensivas beliscadinhas ao longo do dia atrapalham - e muito! - o seu embate contra a balança. "Você petisca por pura falta de disciplina alimentar", afirma Roberta Stella, responsável pela equipe nutricional do portal Minha Vida.

A especialista conta que não ter horários estipulados para montar os pratos facilita o aparecimento da famosa gula. Comer de pedacinho em pedacinho faz com que a ingestão de calorias extras passe despercebida. "Um pedaço de chocolate no início do dia pode resultar em uma barra inteira no final", alerta a nutri. Até tu, Brutus?
 
E engana-se quem pensa que optar por alimentos na versão light
ou saudáveis, como as frutas, torna o pecado menos prejudicial à dieta. Roberta afirma que pequenas beliscadas, seja qual for o alvo, acabam levando ao excesso calórico.

Distinguir a fome da vontade de comer é outro passo importante na hora de se reeducar. Dificilmente os fãs dos petiscos sentem o estômago vazio o dia todo. "A fome é um processo fisiológico. Já a vontade de comer pode ser um simples mau hábito, ou ainda, ter relação com algum processo psicológico", afirma Roberta a respeito de como emoções diversas podem ser transferidas para a comida. "Às vezes, você pode estar passando por um momento de estresse ou muita cobrança pessoal e profissional e, por ansiedade, recorre aos petiscos", exemplifica.

Além dessas tática, deixar a gaveta do escritório livre das tentações é uma boa alternativa. Se você quiser testar sua resistência, guarde um pacote de bolacha e lance mão de 3 ou 4 por vez. "Quando o impulso de comer mais for grande, controle-se. Afinal, fome não é", aconselha Roberta.

0 comentários:

Este Blog tem a função de transmitir informação e NÃO faz parte de uma consulta com profissionais. É preciso saber que a individualidade existe e que não é tudo que funciona para todo mundo. Informe-se e procure um profissional na hora de aplicar a informação!
Obrigada a todos que passam por aqui!