14 de mar de 2011

Saiba sobre os Remédios para Emagrecer


Atualmente tem se discutido bastante o uso de medicamentos inibidores do apetite e suas consequências. Muitas pessoas fazem uso destes medicamentos por indicação ou até mesmo por meios não legais a fim de perderem peso rapidamente.

Muitos dos medicamentos tem a função de inibirem o apetite para que o paciente perca peso. Com a inibição do apetite este paciente começa a ter efeitos colaterais dos mesmos como hipoglicemia, ou seja, sudorese, mal estar, dor de cabeça, enjoo, dificuldade de concentração, desmaios. E quem já não percebeu como uma pessoa que toma estes medicamentos fica? Há muita alteração de humor, irritabilidade, depressão, estresse, perda de memória, alucinações, cansaço constante e fadiga.

Cada um pode ter um sintoma diferente e estes sintomas aparecem porque o corpo não tem os nutrientes, energia, calorias necessários para fazer suas atividades. Inibindo o apetite há o consumo cada vez menor de calorias, vitaminas e minerais importantes.

Uma questão muito importante é que a perda de peso é de massa muscular, ou seja, músculos e não gordura! Os pacientes ficam com aspecto não saudável, ficam flácidos e sem força porque perdem muitos músculos! E o relevante ainda é que são os músculos que fazem com que haja perda de gordura. 

E por que depois que para de tomar estes remédios geralmente há recuperação do peso e até mesmo de mais? Porque o cérebro não tem mais o estímulo para "parar de comer" ai tudo o que o seu corpo perdeu, vai querer recuperar e rapidamente. Consequência: o paciente não consegue controlar a fome, come mais e engorda muito mais fácil porque além que estar querendo comer mais, não tem muitos músculos para perder a gordura.

A minha opinião sobre os remédios para emagrecer é que eles poderiam ser indicados somente para aqueles que já tentaram uma reeducação alimentar correta, mudança na causa do ganho de peso, tratamento correto dos sintomas ou quem tem obesidade em grau elevado, ou seja, aqueles que tem 50 kilos acima do seu peso e que tem muita dificuldade de fazer qualquer plano alimentar, mesmo tratando a causa.

O que é importante a ser ressaltado é que a perda de peso é possível sem este uso de remédios. Procure um tratamento com uma nutricionista funcional que é diferenciado porque conecta os seus órgãos a fim de chegar na causa do ganho de peso e melhorar o quadro. É relevante isto porque se não for tratada a causa do ganho de peso como por exemplo a inflamação, o paciente sempre vai ficar no efeito sanfona!


Texto do meu site.

0 comentários:

Este Blog tem a função de transmitir informação e NÃO faz parte de uma consulta com profissionais. É preciso saber que a individualidade existe e que não é tudo que funciona para todo mundo. Informe-se e procure um profissional na hora de aplicar a informação!
Obrigada a todos que passam por aqui!