31 de out de 2009

Drenagem Linfática


Hoje vamos falar sobre a drenagem linfática, que vem sendo muito utilizada e muito comentada, porém nem sempre é falado o motivo de sua eficiência e a importância de ser realizada corretamente.

Drenagem linfatica é uma técnica que visa melhorar a o funcionamento do nosso sistema linfático. Essa técnica foi inventado por um fisioterapeuta dinamarquês, Edil Vodder, na década de 30 do século XX. Após estudos, e de ter os seus resultados comprovados, começou a ser utilizada em toda a europa e se espalhou pelo mundo todo. Hoje em dia é bastante utilizada inclusive no brasil.
 

O sistema linfático
O sistema linfático faz parte do sistema imunológico do corpo. Ele desempenha papel importante nas defesas do corpo contra a infecção e alguns outros tipos de doença.
Faz parte do sistema circulatório, mas possui e transporta um fluído conhecido por linfa, em vez de sangue. O sistema linfático ajuda a transportar substâncias (células, proteínas, nutrientes, produtos residuais) pelo corpo, porém o sistema linfático não é um sistema fechado e não possui uma bomba central, ao contrário do sangue que flui através dos vasos impulsionado pelo coração, sendo assim, a linfa depende da ação de agentes externos para poder circular, pois ela se move lentamente. Entre esses agentes externos que podem auxiliar na circulação desse líquido está a drenagem linfática.
De maneira geral, quando essas substâncias citadas acima estão na linfa, e circulando pelo sistema linfático, elas são transferidas para o sangue, que será filtrado pelos rins, que eliminarão os resíduos através da urina.
Algumas doenças podem comprometer o funcionamento desse sistema, impedindo a retirada desses resíduos do nosso corpo, esse comprometimento pode gerar inchaços, dores, etc., nesse caso a drenagem pode contribuir bastante para restaurar o funcionamento normal.


Benefícios e indicações:

A drenagem linfática, além de ser muito relaxante, ela traz muitos benefícios para o corpo, como por exemplo:
- Diminuição de caibras;
- Fortalece o sistema imunológico;
- Acelera a liberação de toxinas;
- Diminui inchaço nos membros;
- Tratamento e controle de edemas linfáticos e linfedemas;
- Diminui a retenção de líquidos (auxilia no tratamento da celulite);
- Diminuição de estrias;
- Melhora a cicatrização e na absorção de hematomas;
- Relaxamento corporal e mental do paciente;
- Pré e Pós cirúrgicos (acelera a recuperação e retorno às atividades do dia a dia);
- Melhora a defesa e ação antiinflamatória;

- Má circulação sanguínea de retorno.
 

Contra-Indicações:
- Infecções agudas;
- Insuficiência cardíaca descompensada;
- Tromboses;
- Tromboflebites;
- Alguns tipos de alterações da pele;
- Câncer;
- Bronquite asmática;
- Hipertiroidísmo;
- Partes doloridas;
- Sensação de mal-estar.
Ao procurar um tratamento com drenagem linfática, deve-se buscar um profissional competente para realizar tal técnica, pois assim como traz muitos benefícios, também pode trazer resultados não tão benéficos se não for conduzido por um profissional não preparado.
É comum vermos profissionais realizando a drenagem (entre outras técnicas) em lugares não adequados e não coordenados por profissionais da área, por isso escolher um local sério e adequado é muito importante.
No caso da drenagem feita de forma errada, pode não trazer os efeitos adequados e esperados, se for feita com muita força ou no sentido contrário pode lesar os vasos linfáticos, causando dor e hematomas.
Vale lembrar que além da estética, a saúde de quem procura o tratamento também está envolvida.

Thiago Viana - Fisioterapeuta


0 comentários:

Este Blog tem a função de transmitir informação e NÃO faz parte de uma consulta com profissionais. É preciso saber que a individualidade existe e que não é tudo que funciona para todo mundo. Informe-se e procure um profissional na hora de aplicar a informação!
Obrigada a todos que passam por aqui!